quinta-feira, 27 de julho de 2017

Hum, teu olhar é único


Hum, teu olhar
Deságua em lagos,
Rios e mares,
E em águas cristalinas
Acaricia as pedrinhas do rio
E, com cuidado, acompanha
A  pipa azul a flutuar
No desbotar delicado
Do papel de seda,
Sendo envolvido pelas águas...
Ah, teu olhar é intenso e suave,
Em tuas águas navega,
Sem pressa, e confiante
O frágil barco de papel
E as pétalas de flores,
presentes do vento...
Ah, em teu olhar intenso e suave,
Encontro amor, busco respostas
E sinto tuas carícias, banhando
Em curiosas ondas meu coração,
Corpo e alma...
Hum, teu olhar é único.
Vanice Zimerman, IWA
 25/07/2017