terça-feira, 29 de dezembro de 2015

BEIJO

Clicar na imagem para ampliar


Beijo

Recebo teu beijo
Suave
Perfumado
Intenso...
Beijo teu sorriso.

Fotos e poema: Van Zimerman

A outra xícara de café vazia


Madrugada,
Do relógio de parede
Os números desprendem-se
Os segundos e minutos curiosos
Observam as horas contidas
Nas  gotas d' água que  deslizam
No vidro da janela...
Enquanto a Saudade desenha
Arabescos em teu retrato,
E na tua xícara de café vazia,
Sinto frio...


Van Zimerman
 29/12/2105

AMOR - Foto/ Poema


domingo, 27 de dezembro de 2015

Ao Meu Amor...


A cada toque do vento,
Sinto teus beijos...
E nesse encontro mágico,
De corpo alma,
Respiro você, por segundos
Que lembram a eternidade,
Eternidade contida num caleidoscópio
De Amor e Saudade, que  resiste
Ao  tempo e a distância...

Van Zimerman
28/12/2015


Sugestão de música:

O Apanhador de Sonhos

Nos fios da rede
Os sonhos despertam
Em irregulares linhas, caminhos...
Teia surreal
Tecida em sonhos, em versos,
Mistérios da Vida,
Refletidos na pena de cristal,
Espelhos d’alma...
Van Zimerman
28/12/2015

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Um ótimo dia!


20/12/2015







O SONHO DESPERTA



Com amor
Germina o pensamento,
Gesta-se a vida,
Com pinceladas de sorrisos e lágrimas
Desabrocham contornos,
Formas, cores e emoções,
O sonho desperta e, sutil
Espera teu adormecer...


Foto e poema:  Van Zimerman


Uma bonita semana!

Clicar na imagrm para ampliar


Na pausa da chuva
o encanto do fim de tarde-
deliza um poema


Fotos e poema: Van Zimerman. 20/12/2015

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

sábado, 12 de dezembro de 2015

Um bonito fim de semana!!


SAUDADE


Na realidade ou no sonho,
Num piscar de olhar
A saudade implode em versos.
Foto e Poema: Van Zimerman
12/12/2015

Lágrimas e Reticências...


As linhas do Destino
Entrelaçam nossas Vidas,
Diminuindo a distância
Que viaja em versos de Amor,
Amor que cintila em sonhos...

Na madrugada fria,
A saudade aconchega-se
Nas pérolas do colar, e na rosa vermelha...
Enquanto aguardo tua volta
Imagino você saindo do espelho,
E no silêncio azul, da tua camisa, perco-me
E por segundos, encontro-me  em teus braços...
Ah, ainda sinto teu perfume
nas lágrimas que deslizam,
Feito reticências...
Foto e poema: Van Zimerman
  12/12/2015

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

sábado, 5 de dezembro de 2015

Amor tão distante


No silêncio da madrugada
A saudade fragmenta-se
E o Amor tão distante,
Intocável e impossível
Sem palavras, adormece
Para despertar intenso,
Suavizando a dor e a ausência,
Com as cores do amanhecer.

Van Zimerman




"Tristesse"  Chopin

Perfume e Saudade


Aos poucos,
O teu perfume acaricia
Meu sono, fechando meus olhos
E faz-me dormir em teus braços
E sonhar com teus beijos...
Vanice Zimerman Ferreira
06/12/2015

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

AMO


Com fios da imaginação
Feitos de arco-íris,
O pôr do sol tece lembranças
Do teu olhar e sorriso,
E suavemente escreve as letras do teu nome...
Amo respirar tua surreal presença
Em cada gota d'água,
Na revoada do pássaros
E no perfume da flores,
Na  beleza imóvel do Louva-a-Deus...
Amo observar no lago
o reflexo do teu rosto mover-se
Em minha direção,
Amo, amo, amo...
Van Zimerman 
 01/12/2015