terça-feira, 1 de dezembro de 2015

AMO


Com fios da imaginação
Feitos de arco-íris,
O pôr do sol tece lembranças
Do teu olhar e sorriso,
E suavemente escreve as letras do teu nome...
Amo respirar tua surreal presença
Em cada gota d'água,
Na revoada do pássaros
E no perfume da flores,
Na  beleza imóvel do Louva-a-Deus...
Amo observar no lago
o reflexo do teu rosto mover-se
Em minha direção,
Amo, amo, amo...
Van Zimerman 
 01/12/2015