quarta-feira, 26 de abril de 2017

Tempestade

No jardim
caem os galhos do Ipê,
Sinto saudade
Das suas futuras
Flores amarelas...
Van Zimerman,IWA
 27/04/2017

Texturas da Solidão


No labirinto de cristal
Sinto texturas
Aromas, viajam  imagens
E o som distante da tua voz,
Acaricia meu rosto...
No labirinto de cristal
A presença da solidão
Tecida em finas rendas
Espreita e depois Invade
Meu corpo e alma.
Desenho em versos,
No vidro da janela,
A emoção de  mais uma noite fria,
Enquanto, o sutil toque da saudade
Brilha nas reticências...
Van Zimerman, IWA
em 24/04/2017

Haiga inspirada em um Megaloptera...


na pausa das asas
a liberdade do voo
cintila no olhar...

Van Zimerman



O inseto da  foto é da ordem Megaloptera

Sons de Saudade...


Madrugada fria
O distante apito do trem
Aproxima-se.
Começa a chover...
O aroma de incenso
E as gotas d'água me fazem
Companhia,
Deixo a chuva molhar  meu rosto,
As lágrimas deslizam,
Unem-se as gotas d'água...
Van Zimerman, IWA
 26/04/2017

Entre o mar e o céu

Foto: Van Zimerman


Entre o mar e o céu
Flutuam sonhos e poesias.
Vejo os traços do teu rosto
Desenhados
Em cada amanhecer e pôr do sol
E  sinto as notas do teu perfume
E  tua voz me envolverem
Emocionada, recebo
O deslizar suave e intenso  das tuas mãos
Entre  minha camisa de jeans
E  o  colar de pérolas...
Ah, meu amor, te amo, amo, amo...
Van Zimerman, IWA
 26/04/2017

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Haiga (Haicai com imagem)



manhã nublada-
um coração em pétala
lembrança da flor

Van Zimerman, IWA

LUZ E SOMBRA



Na fotografia,
O vento contido
Desalinha meus cabelos.
Bem-vinda dualidade:
Luz e sombra desenham
Traços entrelaçam sonhos...
E, em meu tênue sorriso,
As linhas da tua presença, do teu amor,
Da tua ausência envolvem-me
Em surreais reticências...
Van Zimerman, IWA
23/04/2016