domingo, 29 de março de 2015

PARABÉNS CURITIBA, 322 anos!


 
Chove enquanto escrevo,
A poesia passeia entre as letras do teu nome.
Nestas horas da madrugada
Imagino as ruas desertas,
Os antigos casarões e Museus dormem...
As flores da Rua VX e das praças recebem a chuva,
Chuva que acaricia os lambrequins, e as grades dos portões.
E desenha nas poças d’água imagens e sonhos...

 
Vanice Zimerman
      29/03/2015
 
 

. Manacá (Brunfelsia uniflora) flor símbolo de Curitiba.

segunda-feira, 23 de março de 2015

domingo, 22 de março de 2015

A FOLHA DE CANSON

 
 
 
O amor distante,
Tão próximo tinge de azul,
a folha de Canson



Vanice Zimerman

Haiga - Outono

 


manhã de sol-
no suave toque das  folhas
um haicai de outono
 

Vanice Zimerman
 
. Folhas do Plátano (Platanus)

quarta-feira, 18 de março de 2015

Rotina

 
Circular
                    rotina



        Vanice Zimerman

Portais de Pétalas




Dobram-se as pétalas
Nas dobras do tempo...
Portais de poesias
 
 
 
Vanice Zimerman

sexta-feira, 13 de março de 2015

MULHERES - Curitiba, 8 de março de 2015

 
 
MULHERES
 No antigo Solar* 
Janelas entreabertas e curiosas
Escutam poesias,
Sussurram lembranças,
Enquanto Mulheres declamam...
Uma Baronesa
Com sorriso poético,
Desperta de sonhos avitos
Vestida de rendas e saudades... sorri.
Olha à sua volta
E na ausência dos porta-retratos,
Dos sons e dos aromas feudais,
Desliza uma lágrima castiça.
Alonga-se o tempo remido
E começa como fora em algum ontem, a chover...
 
Vanice Zimerman
 08/03/2015
 
* Solar Do Barão - Curitiba-PR
. Construído em 1880
 
 

terça-feira, 10 de março de 2015

Haicai

 
no meio-fio
o carreiro de formigas-
movem-se  pétalas

Vanice Zimerman

terça-feira, 3 de março de 2015

Escadas...

 

 
 

       Os degraus da escada que levavam ao sótão estavam acostumados com seus passos. Presença constante que se  percebia na  madeira gasta...

        Sempre que subia a escada, parava no sétimo degrau e arrumava a moldura de um  dos quadros que insistia em ficar torto. Olhava à pintura, uma cópia  bem preservada do “Filósofo Meditando” de Rembrandt. Por alguns minutos  imaginava como seria fazer parte da cena, sentir a  claridade da janela, o calor da lareira e  talvez  subir a misteriosa escada espiral...
 
 
Vanice Zimerman
 

Inspirado em:
- Rembrandt  "Philosopher in meditation" (1632).
- Imagem: Google

Borboleta de Ferro

 
 
Borboleta de ferro,
Aconchega-se à janela
E em sonhos, voa...


Vanice Zimerman