segunda-feira, 28 de abril de 2014

Poeme-se...


Último Beijo

 

 
 
No lago,
Ainda o brilho do teu olhar
Reflete o último beijo.

 
Vanice Zimerman Ferreira
           27/04/2014                    

TRISTE ROTINA

 

O relógio na parede marca as horas e observa silencioso,
o encontro dos camponeses à mesa,
depois de um dia exaustivo de trabalho, a rotina continua,
a vida prossegue sem a esperança de um futuro mais digno...

O cômodo rústico revela as poucas posses, poucos direitos.
As roupas escuras e gastas pelo constante uso, se completam
com as mãos grandes, ideais para trabalhar a terra...
Olhares sem brilho, revelando tristeza e conformismo.

Cada personagem perdido em seu próprio mundo: como se
seus destinos estivessem traçados muito antes de nascerem.
Olhares sem brilho, refletindo almas sem vida, sem cores,
faltando-lhes vontade e coragem de mudar.

Liberdade, alegria, dignidade para os trabalhadores da terra,
só em sonhos...
 
 
Vanice Zimerman Ferreira
12/05/2008


* Poesia inspirada no quadro “Os Comedores de Batata”,
do genial  Van Gogh (1885).

- Imagem: Google
 

Ausência

 

Noite de outono
No quarto, silêncio
Os pensamentos viajam
Ao encontro do amor tão distante.

Difícil conter as lágrimas
Que acariciam  tua ausência...


 
Vanice Zimerman Ferreira
        28/04/2014

sábado, 26 de abril de 2014

Piano e Relógios

 

Na intensidade dos toques
Apaixonam-se  as teclas,
Enquanto, a música derrete o piano,
Lembro dos relógios de Dalí...


 
Vanice Zimerman Ferreira

Da Janela: Luz e Sombra

 

 
Da janela vejo as estações do ano...
A lua e as estrelas
Admiro as gotas de chuva,
As folhas secas, flores...
Da janela, ouço os pássaros.
Sinto o vento a desenhar poemas,
Nas rendas da cortina...
 
 Vanice Zimerman Ferreira

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Ponto Final

 
Em frente ao espelho
Divide-se o coração, a  lágrima
E o ponto final...

 
Vanice Zimerman Ferreira
23/04/2014
 
 
 
foto: vanice zimerman
 

domingo, 20 de abril de 2014

Pontes

 

Lágrimas deslizam
em pontes transparentes
espelhos de saudades..

Vanice Zimerman Ferreira

Teu olhar e a chuva

 

Madrugada
Busco teu olhar
Não  encontro,
Começa a chover...

Vanice Zimerman Ferreira

sexta-feira, 18 de abril de 2014

6º Concurso Internacional Poetizar o Mundo - Isabel Furini



Regulamento – Ano 2014

1) O Concurso de Poemas tem como objetivo estimular a produção literária e é destinado a todas as pessoas maiores de 18 anos, de qualquer lugar do mundo, que apresentem um poema minimalista inédito e escrito em português.

2) O tema é livre, a inscrição é gratuita e poderá ser feita de 10 de abril/2014 até 15 de agosto/2014.
Informações:

 

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Suave toque do Outono

 

Manhã nublada
Nublados pensamentos
À espera do sol...

 
Vanice Zimerman Ferreira
           16/04/2014

7º Concurso Internacional Poetizar o Mundo com LIVROS


 Livro de poema sobre qualquer assunto - obra publicada em 2013, em língua portuguesa, em qualquer lugar do mundo.

 
ORGANIZADORAS: Isabel Furini e Vanice Ferreira


Foto: 7º Concurso Internacional Poetizar o Mundo com LIVROS
Livro de poema sobre qualquer assunto - obra publicada em 2013, em língua portuguesa, em qualquer lugar do mundo.

ORGANIZADORAS: Isabel Furini e Vanice Ferreira

Quadro de Celia Dunker.
Regulamento
1) O Concurso de Poemas tem como objetivo estimular a produção literária e é destinado a todas as pessoas maiores de 18 anos, que enviem dois exemplares de um livro de poemas de sua autoria publicado em 2013, em qualquer lugar do mundo, em língua portuguesa ou espanhola.

2) O assunto do livro é livre, a inscrição é gratuita e poderá ser feita de 10 de abril/2014 até 15 de agosto/2014.
3) Cada concorrente poderá participar com apenas uma obra.
4) Pode ser apresentado qualquer livro de poemas publicado em 2013, que não tenha sido premiado em outro concurso. No livro pode estar incluído até 3 poemas premiados.

5) Consideram-se inscritas as obras enviadas para o seguinte endereço: Vanice Ferreira, Concurso Internacional Poetizar o Mundo, Rua: Alferes Alfredo Antônio Müller, 336. Bairro: Bacacheri - Conjunto Solar - CEP: 82.600-500 Curitiba-Paraná

6) O autor deverá enviar em um envelope os dois exemplares do livro de poemas e uma folha com o nome completo do autor, seu endereço, e-mail, telefone e resumo de currículo. Os exemplares não serão devolvidos. 

7) A comissão julgadora será composta por quatro jurados: a poeta Andréa Motta (Presidente da UBT - Curitiba e Vice-Presidente da Academia Paranaense da Poesia), a poeta Isabel Furini, o poeta Jocelino Freitas a poeta e professora Vanice Ferreira.

8) Premiação: o primeiro lugar receberá troféu e diploma. O segundo e terceiro lugares receberão diploma e medalha simbólica.

9) O resultado do concurso será divulgado em 15 de SETEMBRO/2014, em sites literários da Internet e nos blogues: www.isabelfurini.blogspot.com/ - poetizaromundo.blogspot.com.br/

10) Em 10 de abril/2014, no lançamento do concurso, serão homenageados com medalhas comemorativas três personalidades que trabalham em prol da cultura: o professor e gestor cultural Daufen Bach, editor da revista virtual Biografias, a professora, jornalista cultural e artista plástica Katia Velo e o poeta Miguel Almada, da Academia Campolarguense da Poesia.

11º) O encaminhamento dos trabalhos na forma prevista neste regulamento implica concordância com as disposições nele consignadas.
Foto: Quadro de Celia Dunker do Cantinho do Encanto.
                                                           Quadro de Celia Dunker.

 Regulamento

 1) O Concurso de Poemas tem como objetivo estimular a produção literária e é destinado a todas as pessoas maiores de 18 anos, que enviem dois exemplares de um livro de poemas de sua autoria publicado em 2013, em qualquer lugar do mundo, em língua portuguesa ou espanhola.

 2) O assunto do livro é livre, a inscrição é gratuita e poderá ser feita de 10 de abril/2014 até 15 de agosto/2014.
 3) Cada concorrente poderá participar com apenas uma obra.
 4) Pode ser apresentado qualquer livro de poemas publicado em 2013, que não tenha sido premiado em outro concurso. No livro pode estar incluído até 3 poemas premiados.

 5) Consideram-se inscritas as obras enviadas para o seguinte endereço: Vanice Ferreira, Concurso Internacional Poetizar o Mundo, Rua: Alferes Alfredo Antônio Müller, 336. Bairro: Bacacheri - Conjunto Solar - CEP: 82.600-500 Curitiba-Paraná
 6) O autor deverá enviar em um envelope os dois exemplares do livro de poemas e uma folha com o nome completo do autor, seu endereço, e-mail, telefone e resumo de currículo. Os exemplares não serão devolvidos.
 7) A comissão julgadora será composta por quatro jurados: a poeta Andréa Motta (Presidente da UBT - Curitiba e Vice-Presidente da Academia Paranaense da Poesia), a poeta Isabel Furini, o poeta Jocelino Freitas a poeta e professora Vanice Ferreira.
 8) Premiação: o primeiro lugar receberá troféu e diploma. O segundo e terceiro lugares receberão diploma e medalha simbólica.
 9) O resultado do concurso será divulgado em 15 de SETEMBRO/2014, em sites literários da Internet e nos blogues: www.isabelfurini.blogspot.com/ - poetizaromundo.blogspot.com.br/
 10) Em 10 de abril/2014, no lançamento do concurso, serão homenageados com medalhas comemorativas três personalidades que trabalham em prol da cultura: o professor e gestor cultural Daufen Bach, editor da revista virtual Biografias, a professora, jornalista cultural e artista plástica Katia Velo e o poeta Miguel Almada, da Academia Campolarguense da Poesia.

 11º) O encaminhamento dos trabalhos na forma prevista neste regulamento implica concordância com as disposições nele consignadas.

 Foto: Quadro de Celia Dunker do Cantinho do Encanto.

 

domingo, 13 de abril de 2014

O Encanto da Lua... (Miniconto)

 
É madrugada... A Lua ilumina o tabuleiro de xadrez que repousa sobre a pequena mesa de madeira, próxima à janela. Aos poucos, as peças despertam... E incentivados pelos mágicos reflexos prateados, Rei e Rainha esquecem o jogo e dançam apaixonadamente...
 
Vanice Zimerman Ferreira

 

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Haicai 602

caída na grama-
entre as folhas do plátano,
a asa  de borboleta
 
Vanice Zimerman Ferreira
11/04/2014

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Relógio de parede

 

Nos ponteiros do antigo
 relógio de parede,
a  saudade equilibra-se, demoradamente...
Enquanto as pétalas de rosas caem
no tapete da sala...
 
Vanice Zimerman Ferreira
09/04/2014

 

 

terça-feira, 1 de abril de 2014

Haiga (haicai com imagem)

fim de tarde-
à espera da borboleta
as flores de manacá...
 
Vanice Zimerman Ferreira