sábado, 28 de maio de 2016

Pinceladas d'água


A chuva suave
Em gotas de poesia
Molha meu rosto, corpo e alma,
E, em meu coração
As letras das palavras
Amor, saudade e distância entrelaçam-se
Diluem-se em versos,
Enquanto empresto do Outono
As cores e o vento e em pinceladas d'água,
Sem pressa, faço o teu retrato...
Van Zimerman 
 28/05/2016