segunda-feira, 23 de maio de 2016

Gotas de saudade...



Madrugada,
Enquanto escrevo
A solidão desliza
Em frias gotas de saudade...
Saudades da tua voz,
Enquanto escrevo,
O silêncio e o som chuva
Desenham um coração na janela,
Amor que deságua
em versos de um poema
E, sonha, sonha...


Van Zimerman
22/05/2016