terça-feira, 4 de abril de 2017

OS CAMINHOS DO UNICÓRNIO


Em solitários caminhos
Cavalga o
Unicórnio azul
Em busca do seu amor...
Dias de sol, chuva e tempestades,
E  durante as noites
Com  o toque prateado da Lua
Ele adormece, mas,
A busca permanece.
O bater das asas da borboleta amarela
O desperta...
Tantos dias e noites
Que parecem séculos,
O silêncio trincado, acariciado
Pelo voo das folhas do Plátano
E pétalas de flores,
Qual uma de tela com pontilhismo
A tingir seus caminhos,
A busca permanece...
Ele  segue seu destino,
Em companhia do aroma
De baunilha com notas de hortelã
Lembranças do beijo,
Encantado e único beijo,
Tantos dias e noites
Que parecem séculos,
A busca permanece...
Van Zimerman, IWA
 03/04/2017