sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Castelo de Poesias



Há um encanto
Na solidão noturna, repleta
Da ausência de teus passos,
Do aconchego dos teus abraços...
Há um encanto
No chá que esfria na xícara,
Na lágrima que ensaia mover-se
E alonga-se, tentando acariciar meu rosto,
Enquanto aguardo tua volta...
Há um mistério em nossa despedida,
Uma vontade de ficar...
Mas, as palavras dispersaram-se
Em ventos coloridos de um arco-íris,
Semeando letras, reticências...
Um pouco do teu olhar
E da essência do teu beijo ficou em mim
E uma saudade intensa desse  amor
Que vive solitário em um  castelo de poesias...
 
Van Zimerman
 24/10/2015