quinta-feira, 27 de agosto de 2015

“Clair de Lune” e o Relógio


Amanhece...
Na parede, a sombra do relógio.
Imóveis ponteiros encantam o tempo,
E, escutam  “Clair de Lune”,
Saudade em tons de sépia,
Silêncio...
Van Zimerman