quinta-feira, 16 de junho de 2016

Viagem inadiável


Mais além,
Que uma viagem inadiável
Em frente ao espelho
Vejo meu rosto imóvel à procura do teu olhar,
Mais além que o voo solitário da águia
Que respira o azul do teu céu,
E mergulha sem medo num abismo  de poesia...
Mais além, que a dor de uma saudade
Que tinge de sépia meu corpo e alma.
Mais além, que a dor de uma saudade
Suavizada por imaginar teu  presença em sonhos...
Mas, além da lágrima, tão intensa e solitária
Que desliza pela face ao encontro
Do teu surreal beijo...
Van Zimerman
17/06/2016