domingo, 15 de janeiro de 2017

UM SOPRO DE VIDA



Um vento de vida
Acaricia as pétalas de rosa,
Um vento de vida,
Espalha as tintas nas telas
E tece poemas
Em  moinhos de vento.
Um vento de vida
Dispersa a saudade
Em pequenos espelhos
De lágrimas contidas,
Enquanto um vento de vida
Beija-me com teu doce beijo...
Van Zimerman IWA
15/01/2017