quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Breve cintilar de lágrimas


 
Há tanto som no silêncio
E imagens em teu rosto,
Que observo nas gotas d’água,
Deslizando da janela
Um aroma de café,
Onde busco repostas...
E a chuva suave continua,
Num breve cintilar de lágrimas...
 
Vanice Zimerman
 
 
 
Foto: Vanice Zimerman Ferreira