sábado, 22 de março de 2014

Madrugada fria


A Lua ilumina o piano
Que permanece em silêncio...
Do livro de poesias caem pétalas de rosa
Perfumadas lembranças...
O tempo sem pressa, apenas, observa
Enquanto escrevo teu nome na janela.
Sinto o frio da tua ausência.
Madrugada fria...
 
Vanice Zimerman Ferreira
23/03/2014